Quotidiamo - esta não é uma história de amor

In stock
SKU
40131
$6.70

Livro capa mole

‘Quotidiamo é um jogo de palavras entre ‘quotidiano’ e ‘amor’, porque a peça fala de um casal cuja relação se vai deteriorando por causa dos problemas do dia-a-dia, da crise económica à própria rotina de uma vida a dois. A verdade é que parece já não termos tempo para o amor, apenas para o ódio. A história é contada em (des)continuidade, é nisso que reside a sua inovação. Com a exclusão óbvia do primeiro, cada escritor teve dea continuar a partir do ponto em que os outros a deixaram. Pode haver algumas nuances de estilo porque se trata de escritores com percursos e culturas distintas, mas a situação criada é universal e todos se revêm nela. Assim, Rui Zink, de Portugal, iniciou a peça; José Mena Abrantes, de Angola, e Abraão Vicente, de Cabo Verde, deram-lhe seguimento e Ivam Cabral, do Brasil, encerrou-a.

More Information
author José Mena Abrantes/Rui Zink/Abraão Vicente/Ivam Cabral
Publisher Mayamba
Edition no. 1
Year of publication 2015
Page numbers 84
Format Livro capa mole
Language Portuguese
ISBN 9789897610509
Country of Origin Angola
Dimension 21 x 13,5 x 0,6
About Author Rui Zink (Portugal) É um dos nomes mais importantes da moderna literatura portuguesa. Doutor em Literatura e professor da Universidade Nova de Lisboa, é autor, entre outros, dos romances ‘Hotel Lusitano’ e ‘Dádiva Divina’. José Mena Abrantes (Angola) Jornalista e dramaturgo. Dirige o grupo Elinga-Teatro e é consultor do Presidente da República de Angola para assuntos de Cultura e Ciências. Publicou três livros de poesia, outros tantos de ficção e 18 peças de teatro. Abraão Vicente (Cabo Verde) É artista plástico, cronista e escritor. Autor do livro de crónicas ‘Trampolim’, colabora em jornais de Cabo Verde e de Portugal. Em paralelo à sua carreira artística, é deputado pelo MPD na Assembleia Nacional de Cabo Verde. Ivam Cabral (Brasil)
Write Your Own Review
Only registered users can write reviews. Please Sign in or create an account